Blitz Primeiros Passos

O Blitz

Uma linguagem simples e poderosa para a criação especifica de jogos e aplicações gráficas interativas. Simples, por que é baseado na fácil e popular linguagem BASIC.
Já tem incluso vários comandos específicos para ajudar você na criação de qualquer tipo de jogo, comandos planejados cuidadosamente para dar a máxima flexibilidade com o Maximo de conforto e facilidade.
Por isso tudo o Blitz se torna uma linguagem de alta produtividade, pois a velocidade do desenvolvimento é muito rapida.
Poderosa linguagem aonde é possível escrever jogos 2D ou 3D sem o uso de nenhuma API ou Biblioteca adicional, mas é claro que também é possível, Caso precise expandir com novos comandos e/ou possibilidades.
Aqui você encontra alguns exemplos de aplicações escritas em Blitz Basic.

O Blitz Basic esta disponivel em duas versões.

Versões

BlitzPlus

Cria qualquer tipo de aplicativo interativo 2D. Baseada em um 2D Real, não é acelerado por hardware, o que permite gráficos com pixels perfeitos e maior compatibilidade com os sistemas.
Contem comandos que controlam diretamente a GUI do windows, para fácil criação de interfaces.

Blitz3D

Contem todos os comandos que o BlitzPlus, exeto os comandos nativos da GUI do windows (mas que podem ser acessados através de uma .dll)
Com o Blitz3D é possível criar ambientes 3D através de comandos nativos que usam o direct X.
Apesar de ser 3D ele não é mais complicado ou complexo que o BlitzPlus, nada impede que usuários iniciantes comecem por ele.

Adquirindo

Va ate a pagina de produtos do Blitz Research e la você tem a opção de comprar a versão completa e comercial do BlitzPlus e do Blitz3D ou de baixar a versão para estudos (Try Now).
A versão de estudos não tem tempo para expirar. Ela só não te da a possibilidade de criar um executavel para distribuir o seu jogo. Alem de impedir a compilação de codigos gigantescos.

IDE

blitz3dshot.jpg

O local onde você irá fazer grande parte de sua programação será dentro do Ambiente de Desenvolvimento Integrado do Blitz Basic (IDE: Integrated Development Environment). O IDE é simplesmente um editor que intensificou suas características para ajudar você a programar de forma efetiva.
Um aspecto bastante útil do IDE é que ele exibe diferentes pedaços de código em diferentes cores. As palavras-chaves do Blitz Basic (comandos que você usa no BB) são automaticamente colorizadas: cor amarela, por exemplo. Há também diferentes cores para os textos que você desejar exibir, comentários que você quiser colocar em seu código, números, enfim. Trabalhar com esquemas de cores torna tudo mais fácil de compreender, sabemos o que está acontecendo só de olhar para o código. Dê uma olhada no IDE. Note que esta é a mais nova versão Blitz3D do IDE, que ainda possui todos os comandos 2D, mas que também permite poderosos desenvolvimentos em 3D.

A primeira coisa a se notar no IDE é que a janela do código é bastante larga. Isto acontece porque o seu código irá freqüentemente se estender para o lado direito da tela, e você irá querer enxergar o máximo possível. Se o seu código se estender além do lado direto da tela, você verá uma barra de rolagem que permitirá rolagens para a direita ou para a esquerda.

A janela do lado direito contém uma das quatro opções a seguir:

Functions: Lista de todas as funções da janela atualmente aberta. As funções são simplesmente programas menores que fazem alguma coisa em particular.

Types: Lista de todos os Types da janela atualmente aberta. Os Types são séries de dados relacionados que
podem conter muitos elementos.

Labels (rótulos/classificações): Lista de todos os nomes das sentenças de dados (e de qualquer área label inserida).

Debug: ajuda você a achar os valores guardados em suas variáveis, para que você identifique os problemas com mais facilidade.

No topo da janela há um grupo de ícones que possuem usos específicos. Aqui vai a lista: (estas imagens irão aparecer ligeiramente diferentes na versão Blitz2D, mas deverão ser facilmente reconhecidos).

OBS: Ver os ícones no IDE

Segue abaixo a descrição em ordem que aparecem:

  1. Cria um novo arquivo
  2. Abre um arquivo já existente
  3. Salva o documento
  4. Fecha o arquivo
  5. Corta o texto selecionado
  6. Copia o texto selecionado
  7. Cola o texto selecionado
  8. Pesquisa por uma palavra no arquivo aberto
  9. Compila e executa o arquivo aberto
  10. Pausa o programa que estiver sendo executado
  11. Prossegue com o programa anteriormente pausado
  12. Executa a próxima linha no programa e então pára. Se a próxima sentença for uma função, roda então o resto da função antes de parar
  13. Executa a próxima linha no programa e então pára. Se a próxima sentença for uma função, roda então o primeira linha da função antes de parar.
  14. Executa até o fim da função, então pára.
  15. Pára completamente o programa e retorna o controle ao IDE
  16. Vai para a página principal do sistema de ajuda do IDE
  17. Vai para página anteriormente visualizada no sistema de ajuda do IDE
  18. Vai para a página clicada anteriormente, no sistema de ajuda do IDE

Você também pode clicar nos itens do menu principal: Arquivo, Editar, Programa, Debug, e Ajuda para acessar as várias ferramentas do BB IDE.

Código

Graphics 640,480,16,2

Para instalar o sistema de gráficos do Blitz Basic, você deve utilizar o comando GRAPHICS. Este comando possui quatro argumentos, e seu uso depende de como você deseja lidar com a profundidade de bit. Os dois primeiros são a resolução de tela (largura e altura) e os dois últimos são a profundidade opcional e o tipo de janela.
Tambem existe o comando Graphics 3D, só presente no Blitz3D.

Graphics3D 640,460,0,2

O comando GRAPHICS ou GRAPHICS 3D é o único comando que seu programa PRECISA, necessariamente, conter. Se você deixá-lo de fora, seu programa nem será iniciado.

Hello World

Graphics 640,480,16,2

Text 280,240,"Hello, World!"

WaitKey

End

Quase todos os livros sobre programação que já li começam com um programa que simplesmente colocam “Olá, Mundo” na tela. Normalmente tento ser diferente, mas neste caso vou manter a tradição. Digite o código exatamente como mostrado, salve o arquivo e então peça ao BB para executar o código clicando no ícone do pequeno foguete. (compilar e executar código).

Graphics 640,480,16,2

Agora vamos decompor estas etapas para que você saiba o que está acontecendo. Nós já falamos sobre esta linha. Estamos apenas dizendo ao BB para estabelecer nosso modo de vídeo em 640 pixel de largura e 480 pixels de altura.
Text 280,240,"Hello, World!"

O comando TEXT é utilizado para exibir informações ao usuário. O primeiro argumento mandado para este comando (no caso, 280) é a coordenada X ou a posição horizontal para começar a exibir o texto. O segundo argumento (240) é a coordenada Y ou a posição vertical para exibir o texto. Finalmente o terceiro argumento é o texto propriamente dito, entre aspas.
WaitKey

Este comando diz ao BB para não fazer nada até que o usuário aperte alguma tecla. Este comando é bastante útil quando se começa a programar, pois permite que se veja os resultados sem ter que se preocupar se a tela vai fechar.
End

Mesmo este comando não sendo necessário, é uma boa idéia incluir ele. O comando END basicamente diz ao BB que você terminou de usar o sistema de gráficos e que você quer retornar o controle para o sistema operacional. Se você não incluir este comando, o BB irá colocar uma caixa de diálogo que diz "Program has ended"

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 License.